OEI | Ciencia | Red | Formación | Contactar |

Inicio | Opinión | Reportajes | Noticias | Entrevistas | Multimedia

Salud | Comunidad

Construindo práticas didático-pedagógicas promotoras da literacia científica e do pensamento crítico

16 de diciembre de 2014

Celina Tenreiro- Vieira e Rui Marques Vieira
Este segundo Documentos de Trabalho de IBERCIENCIA apresenta o trabalho de autores portugueses que dá continuidade ao que a OEI vem desenvolvendo desde 2000 sobre a aplicação dos Casos Simulados como estratégia educativa CTS.

O presente livro contextualiza e fundamentao desenvolvimento de práticas didático-pedagógicas, para a educação em ciências nos primeiros anos de escolaridade, orientadas para a promoção da literacia científica e do pensamento crítico. Tendo por base estudos de investigação desenvolvidos pelos autores, o livro inclui um enquadramento teórico, fazendo emergir referenciais fundamentantes de atividades e estratégias promotoras da literacia científica e do pensamento crítico. Os exemplos de atividades e estratégias apresentados na segunda metade do livro, decorrente de estudos de investigação realizados e no âmbito dos quais foram produzidos, implementados em sala de aula, e avaliados, revelaram proporcionar o desenvolvimentodecapacidades de pensamento crítico e ajudaram inequivocamente os alunos a melhorarem os seus conhecimentos e a interessarem-se pela ciência.

Face à escassez de obras na comunidade ibero-americana sobre estas temáticas, este procura ser um “contributo para a melhoria efetiva das aprendizagens dos alunos e que estascontribuam que estes enquanto cidadãos críticos assumam uma postura construtiva, esclarecidae participativa para um futuro mais sustentável para todos”, como está escrito na introdução.

Celina Tenreiro- Vieira e Rui Marques Vieira são Professores e Investigadores no Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores da Universidade de Aveiro, em Portugal. A sua investigação ao longo dos últimos 20 anos têm-se centrado na promoção do Pensamento Crítico de alunos dos primeiros anos de escolaridade, designadamente no contexto de uma Educação em Ciências com orientação Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS) com vista à sua literacia científica.

Introdução 5
1. Educação em Ciências numa Perspectiva de Literacia Científica Crítica 7
2. Literacia Científica e Pensamento Crítico: Emergência de Conexões 13
3. Renovar as Práticas Didático-Pedagógicas em Direcção ao Promover da Literacia Científica Crítica 19
Desempenho de Papéis (Role-play) ou Casos Simulados 33
Exemplo - Caso Simulado: Instalação de uma cimenteira em Vale Maior 33
Possível instalação de cimenteira em Vale Maior gera polémica 39
Guião do Aluno para a Preparação do Papel a Desempenhar 45
Questionário de avaliação da realização do Caso Simulado 48
Debates sobre questões societais controversas 51
Desenvolver um Plano de Ação 57
Referências Bibliográficas 63

Existem várias razões e motivações para se escrever um livro como o que aqui se apresenta. De entre as razões destacam-se três. No final desta introdução incluem-se as motivações.

A primeira razão é de natureza curricular e tem a ver com as actuais finalidades da educação em ciências para os primeiros anos de escolaridade, as quais estão plasmadas nos documentos curriculares do Ensino Básico Português. De facto, estes apontam para a meta da literacia científica enformada por finalidades como as que apontam para o desenvolvimento do pensamento crítico com uma orientação Ciência-Tecnologia-Sociedade [CTS]. Pretende-se proporcionar uma educação em ciências para todos que promova competências que envolvam conhecimentos de base sobre Ciência e Tecnologia e suas inter-relações com a sociedade, capacidades de pensamento, como as relativas ao pensamento crítico e ainda atitudes/valores. Para tal importa desconstruir estas finalidades, seus significados e conexões, a qual corresponde a um dos objectivos deste livro.

A segunda razão, também decorrente da anterior, relaciona-se com as práticas didático-pedagógicas. Isto é, o que se intenta é apresentar situações didáticas para a educação em ciências no ensino básico com foco explícito e intencional na literacia científica e no pensamento crítico. O que se descreve na secção 3.3 são exemplos testados em diferentes contextos e com diversos graus de profundidade e que proporcionaram o desenvolvimento, entre outras, de capacidades de pensamento crítico e ajudaram inequivocamente os alunos a interessarem-se pela ciência.

A terceira razão relaciona-se com os Professores e a sua formação. Da experiência que se vem desenvolvendo na formação, inicial e pós-graduada, de professores tem sido evidente que estes precisam de situações concretas que operacionalizem as finalidades da educação em ciências, nomeadamente do 1º ao 3º Ciclo do Ensino Básico (alunos dos 6 aos 15 anos).

Por sua vez, as motivações que presidiram à escrita deste livro são globalmente de natureza diferenciada e têm a ver com o triângulo didático acima referido em cada uma das razões apresentadas – Currículo, Práticas dos Professores e Recursos Didáticos. Ou seja, a investigação em Didática das Ciências que se tem realizado nos últimos dez anos no Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores [CIDTFF] da Universidade de Aveiro, sobre as inter-relações entre estes
três “vértices” tem sido o mote para continuar a divulgar “boas práticas”. Neste âmbito, o Pensamento Crítico tem estado no centro da maioria dos projetos e estudos realizados ou orientados e que urge publicar face à escassez de livros de apoio desta natureza que continua a existir no mercado nacional e mesmo internacional.

Por fim, outra motivação relaciona-se com o facto de se esperar que este livro possa ser mais um contributo para a melhoria efetiva das aprendizagens dos alunos e que estas contribuam que estes enquanto cidadãos críticos assumam uma postura construtiva, esclarecida e participativa para um futuro mais sustentável para todos.

Documento de Trabalho 2 (PDF)

Información relacionada

Casos simulados
La basura en la ciudad. Un caso sobre consumo, gestión de recursos y medio ambiente
La ciudad de Ahormada. Un caso sobre urbanismo, planificación y participación comunitaria

Palabras clave:

subir

  
Diseño y contenidos por asenmac