Está en: OEI - Programación - Innovación en la Escuela Media

Innovación en la Escuela Media
Sala de Recursos y Lectura

Curso CTS

Física

Pedro Reis, Sara Rodrigues e Filipa Santos
Concepções sobre os cientistas em alunos do 1º ciclo do Ensino Básico: “Poções, máquinas, monstros, invenções e outras coisas malucas”.
Actualmente, a compreensão da natureza da ciência é considerada um aspecto essencial da literacia científica, indispensável à avaliação informada, crítica e responsável das propostas científicas e tecnológicas (Cachapuz, Praia e Jorge, 2002; Millar e Osborne, 1998).

O presente trabalho descreve um estudo qualitativo das concepções acerca da natureza da ciência de um grupo de 48 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (2º e 4º anos de escolaridade). Através da análise de conteúdo dos enredos de histórias e de desenhos sobre o trabalho de cientistas, elaborados pelos alunos, identificaram-se possíveis concepções acerca do empreendimento científico e da actividade dos cientistas. Posteriormente, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas a alguns participantes com o intuito de discutir algumas ideias incorporadas nesses documentos.

Esta investigação permitiu constatar as potencialidades deste dispositivo metodológico no diagnóstico das concepções dos alunos sobre as características, a actividade e as motivações dos cientistas. Verifica-se que para a maioria dos participantes, a realidade da ciência consiste num conjunto de ideias estereotipadas e distorcidas veiculadas pelos meios de comunicação social. Constata-se, ainda, a ausência de qualquer tipo de intervenção da escola na análise crítica dessas ideias e na discussão de aspectos da natureza da ciência. Com base nestes resultados são apresentadas algumas implicações educativas.

Palavras-chave: Natureza da ciência, concepções dos alunos, desenhos de cientistas, histórias sobre cientistas.


9-9-06

 

 

[Sala de Recursos y Lectura]
[Innovación en la Escuela Media]
[Programas de la OEI] [Inicio OEI] [Subir]
[Contactar]

OEI