Está en: OEI - Programación - Innovación en la Escuela Media

Innovación en la Escuela Media
Sala de Recursos y Lectura

Curso CTS

Otros ciencias

Paulo Almeida e Margarida César
Um contrato didáctico inovador em aulas de Ciências do 10º ano de escolaridade.
O ensino das Ciências continua a privilegiar, fundamentalmente, o desenvolvimento de capacidades de baixo nível, relativas à memorização de factos, conceitos e leis. Existe uma necessidade premente de alteração das práticas, atribuindo ao aluno um papel social relevante na construção do conhecimento e permitindo criar uma imagem dinâmica da construção da Ciência. No contrato didáctico habitual, os professores ensinam/questionam e os alunos aprendem/respondem. Quando pretendemos implementar um contrato didáctico inovador, algumas regras necessitam ser explicitadas, promovendo uma ruptura relativamente às regras anteriormente apropriadas pelos alunos.

Numa investigação-acção baseada numa metodologia de inspiração etnográfica, procurou-se compreender a realidade complexa e dinâmica das interacções em sala de aula. Este estudo foi desenvolvido com uma turma do 10º ano (22 alunos), na disciplina de Ciências da Terra e da Vida. Os dados foram recolhidos através de observação participante (incluindo gravação áudio de interacções entre alunos), entrevistas, questionários e recolha documental. Procedeu-se à sua análise qualitativa, criando categorias indutivas.

Os resultados iluminam que a adesão a contratos didácticos inovadores não é imediata. Alunos e professor tornaram-se progressivamente mais autónomos e críticos, passando a actuar como participantes legítimos de uma comunidade de aprendizagem, respondendo aos desafios das práticas pedagógicas implementadas e melhorando os seus desempenhos.

Palavras-chave: contrato didáctico, trabalho colaborativo, ensino das Ciências, socioconstrutivismo


9-9-06

 

 

[Sala de Recursos y Lectura]
[Innovación en la Escuela Media]
[Programas de la OEI] [Inicio OEI] [Subir]
[Contactar]

OEI