OEI | Ciencia | Red | Formación | Contactar |

Inicio | Opinión | Reportajes | Noticias | Entrevistas | Multimedia

Salud | Comunidad

Fallece Wildson Luiz Pereira dos Santos, un químico con una gran visión CTS

3 de noviembre de 2016

Con gran pesar recibimos la noticia del fallecimiento de Wildson Luiz Pereira dos Santos educador brasileño y uno de los mayores puntuales de la educación CTS. Más impacto hemos tenido ya que el V Seminario de Aveiro en el que tuvo una destacada participación. Un gran pesar para toda la comunidad CTS iberoamericana en general y brasileña en particular. Todo nuestro cariño y solidaridad a su familia y a los educadores CTS de Brasil. Mandamos también un abrazo a todos los miembros de la Asociación Ibero-Americana CTS na Educação em Ciência de la que era uno de sus miembros más destacados.

Les reproducimos dos notas sobre su fallecimiento.

De la Universidad de Brasilia

Faleceu aos 55 anos, o professor do Instituto de Química da UnB, Wildson Luiz Pereira dos Santos, sábado (29/10). O sepultamento foi realizado na manhã de domingo(30/10), no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília. A ADUnB presta solidariedade aos familiares, colegas e amigos.

O professor Wildson L. Pereira dos Santos era graduado em Química pela Universidade de Brasília (1984), Especialista em Educação Brasileira pela Universidade de Brasília (1992), Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1992), Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002). Realizou Doutorado sanduíche como bolsista da Capes na área de Ensino de Ciências na Universidade de Leeds na Inglaterra (2001). Desenvolveu estágio de Pós-Doutorado como bolsista do CNPq no Instituto de Educação da Universidade de Londres e na Escola de Educação da Universidade de Southampton na Inglaterra (2010).

Atualmente era professor do Instituto de Química da Universidade de Brasília – UnB; era coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências (doutorado acadêmico); orientador do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da UnB e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (mestrado profissional) do Instituto de Química da UnB; foi editor da Revista Química Nova na Escola de 2007 a 2015; era membro da Comissão Executiva da Associação Ibero-Americana CTS; era revisor de periódicos nacionais e internacionais de ensino de Ciências; e era um dos coordenadores do Projeto Pequis que publicou vários livros didáticos para o ensino médio, tendo um deles recebido o Prêmio Jabuti de livro didático do ensino fundamental e médio em 2001, pela Câmara Brasileira do Livro. Tinha experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino de Química, atuando principalmente nos seguintes temas de pesquisa: educação para cidadania, educação CTS, questões sociocientíficas, ensino de Química, livro didático e educação ambiental

Les añadimos la nota que Isabel Martins publicó en la Asociación Iberoamericana de Educación CTS que ella dirige:

Caríssimos/as Amigos/as Associados/as

É com grande tristeza que venho comunicar a todos/as o falecimento do nosso Colega e Amigo Wildson Luiz Pereira dos Santos (Associado n.º 13), Vogal da Comissão Executiva da AIA-CTS.
Partilho com todos/as vós a NOTA de PESAR publicada pela ABRAPEC.

NOTA DE PESAR
É COM PROFUNDO PESAR QUE A COMUNIDADE CIENTÍFICA RECEBE A NOTICIA DO FALECIMENTO DO PROFESSOR WILDSON LUIZ PEREIRA DOS SANTOS, COMPANHEIRO DE JORNADA NA CONSTRUÇÃO DA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS NO BRASIL. Ele muito contribuiu para os debates no campo de formação de professores de Ciências e para a consolidação do campo que estuda relações entre ciência, tecnologia e sociedade, em nosso país e no exterior. O professor Wildson dedicou grande parte dos seus esforços a projetos acadêmicos e sociais que promovem a emancipação e a redução de desigualdades sociais. Ele nos deixa um legado importante que esperamos que frutifique e seja basilar na busca e construção de uma ciência mais próxima da sociedade e da escola. Ficará a lembrança do CIENTISTA, do PROFESSOR, do PAI, do COMPANHEIRO e do AMIGO que tocou tantas vidas no plano profissional e pessoal, pela sua sensibilidade, sagacidade, determinação, capacidade de superação e equilíbrio. Todos os que convivemos com ele aprendemos muito e a saudade que sentiremos deve ser transformada em inspiração, força e ânimo para lutar por mais humanidade e justiça na sociedade. DEIXAMOS NOSSAS CONDOLÊNCIAS À FAMÍLIA E AOS AMIGOS POR ESTA INESTIMÁVEL PERDA.
A Diretoria

A todos e em particular aos Associados que mais de perto privaram com Wildson um abraço solidário.

Isabel P. Martins

Terminamos con uno de sus muchos legados:

A pesquisa em Ensino de Química como área estratégica para o desenvolvimento da Química
Quím. Nova vol.36 no.10 São Paulo 2013
Wildson Luiz Pereira dos Santos*,I; Paulo Alves PortoII
I Instituto de Química, Universidade de Brasília, Campus Darcy Ribeiro, 70904-970 Brasília – DF, Brasil
IIDepartamento de Química Fundamental, Instituto de Química, Universidade de São Paulo, São Paulo – SP, Brasil
Dentro da perspectiva de refletir sobre a atualidade e os desafios da situação da Química, em resposta à proposta da Comissão constituída pela Diretoria e Conselho Consultivo da SBQ para a realização do "Censo da Química no País", o presente artigo objetiva apresentar contribuições da pesquisa no Ensino de Química para o desenvolvimento da Química. Nesse sentido, este artigo se configura também em um position paper que busca sintetizar as principais contribuições da área de Pesquisa em Ensino de Química no tocante ao tema "Educação em Química: da educação básica à pós-graduação", destacado pela referida Comissão em seu position paper de 2012. Esse artigo, intitulado "Química sem fronteiras", assinalava a presença de desafios globais para a Química, a serem resolvidos em escala nacional, regional, estadual e/ou municipal.2 No presente artigo, delineia-se brevemente uma perspectiva histórica dos desafios enfrentados pela área de Ensino de Química em todo o mundo, mas trazendo o foco para os desafios do presente, e como vêm sendo tratados no contexto brasileiro.
Não há desenvolvimento científico e tecnológico de uma nação sem que se tenha um sistema educacional sólido para a educação básica. A pesquisa em educação em Química se constitui em área estratégica que se consolidou no Brasil e na qual a Divisão de Ensino de Química da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) tem larga atuação. As investigações conduzidas por pesquisadores dessa área têm contribuído de forma significativa nos processos de formação de professores, de discussão e elaboração de políticas públicas e no desenvolvimento de propostas de ensino para a escola da educação básica.
No presente artigo são apresentadas sínteses de contribuições centrais da pesquisa da área de Ensino de Química para a educação básica, que têm sido veiculadas no âmbito da Divisão de Ensino de Química da SBQ.
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40422013001000014&lng=pt&nrm=iso&tlng=en

Palabras clave:

subir

  
Diseño y contenidos por asenmac