Boletin de Novedades

Boletín de Novedades CREDI - OEI
Número 42 - Julio 2000

BOLETIM TÉCNICO DO SENAC

Vol. 26, nº 1 jan/abril de 2000

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC

SUMÁRIO

Éramos felizes e não sabíamos: uma análise da educação profissional brasileira. Ramón Oliveira 2
Procura mostrar que a recorrência a novos conceitos como o de competência e o de empregabilidade, na educação profissional brasileira, embora seja considerada pelos Ministérios de Educação e do Trabalho como mecanismo fundamental para alcançar um modelo de desenvolvimento social sustentável e garantir uma maior eqüidade social, expressa, na prática, um retrocesso no campo da formação para o trabalho. A reforma da educação profissional, particularmente, no sistema de educação tecnológica, ao invés de propiciar uma maior democratização de acesso aos estudantes das camadas populares a uma educação que articule teoria e prática, retrocede historicamente e reafirma, no interior do sistema educacional, a dicotomia entre o ensino profissional e o ensino propedêutico.

O diálogo entre economia e educação como chave para entendimento da aquisição da qualificação. Vera Lúcia Bueno Fartes 12
O texto faz parte de um conjunto mais amplo de discussões que visam alargar o espectro da questão atual da qualificação, num esforço para reconduzi-la a um de seus principais campos de origem: a Educação. Nesse sentido, interessa-nos alcançar o que poderíamos chamar de “ponta” do processo, na qual entendemos que se encontra enraizada a questão da aquisição da qualificação. Dentre as discussões que a discussões que a aquisição da qualificação suscita, destaca-se uma já clássica para o campo educacional: trata-se da polêmica questão da educação como propiciadora de “capital humano”, com as quais se envolveu boa parte do pensamento educacional nos anos de 1960/80. É nosso propósito revisitá-la, na busca de novos significados que permitam atualizar as discussões para o contexto dos anos 90.

Educação de jovens e adultos: um tema recorrente. Rosa Elisa M. Barone 22
Apresenta o tema da educação de jovens e adultos no contexto sócio-produtivo contemporâneo. Em face da solicitação de uma força de trabalho com maior escolaridade e com habilidades favoráveis à aquisição das novas qualificações que estão se definindo, bem como diante do crescente desemprego que atinge sobretudo a população menos instruída, verificamos que as proposições desenhadas para os jovens e adultos permanecem marginais às políticas educacionais do país. Buscamos refletir sobre os fatores que estão presentes na conformação desse quadro e, ao mesmo tempo, destacamos algumas perspectivas para a definição de uma política para essa população na virada do milênio.

Melhor que uma escola: a experiência do Projeto Semear. Eugênia Paim 34
Este trabalho, de perspectiva etnográfica, trata da dinâmica de um projeto “alternativo” de ensino supletivo -o Sítio Escola Projeto Semear -, voltado para o atendimento de jovens da camadas populares de 13 a 18 anos, excluídos do sistema regular de ensino. Aliando educação formal, educação para o trabalho e serviços filantrópicos, o projeto atua agindo nas lacunas deixadas pelas políticas públicas. É definido pelos alunos como “um lugar melhor que uma escolar” já que, além de oferecer instrução e profissionalização, se constitui em um espaço de suporte cotidiano, que se opõe ao espaço “agitado” das comunidades de onde vêm, e de reconstrução de identidade para segmentos da população cada vez mais ameaçados pela pobreza e ignorados pelo Estado.

Trabalho e Educação no Projeto de Formação Profissional do MST. Antonio Julio de Menezes Neto 44
Este artigo trata da proposta de organização do trabalho do Movimento dos Sem-Terra, com ênfase na produção camponesa coletiva e agroindustrial e mostra como este Movimento pensa e coloca em prática a questão da educação e da formação profissional. Para tanto, analisa alguns dos princípios educativos do Movimento e descreve o funcionamento de uma escola de formação técnica em Cooperativismo, mantida pelo MST.

Publicações 54

Senac notícias 55

FICHA BIBLIOGRÁFICA

TÍTULO REVISTA: Boletim técnico do SENAC
PUBLICACIÓN: Río de Janeiro [Rua Dona Mariana 48, Botafogo, 22280-020] : SENAC, Centro de Documentação Técnica, 1981-
ENTIDAD RESPONSABLE: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial [Rio de Janeiro, Brasil], SENAC. Centro de Documentação Técnica
NOTAS: Cuatrimestral. - Cambia de formato en 1993
COMPRENDE: [1981 f.1]1982-1988[1989 f.1]1990[1991 f.3]1992-1994[1995 f.4]1998-1999[2000 n.1]-
DESCRIPTORES: Brasil; Formación profesional; Educación
PAÍS/ORGANISMO: Br
IDIOMA: Por
ISSN: 0102-549X
TIPO DOCUMENTO: Periódica
LOCALIZACIÓN: CREDI, Madrid, Es
SIGNATURA: BRA.I.R
MFN 0062
FECHA ENT.: 03-07-2000

Página Principal OEI Regresar a Boletín de Novedades - 42 Más datos email: credi@oei.es
Regresar a Índice de Revistas Página Principal del CREDI