OEI

Está en:
OEI - CREDI - Boletín de Novedades - Abril 2002


BOLETIM TÉCNICO DO SENAC

Acceso revista electrónica

Vol. 27, nº 3 setembro-dezembro de 2001

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC


SUMÁRIO

Competências na organização curricular da reforma do Ensino Médio. Alice Casimiro Lopes. Analisa a concepção de currículo por competências expressa pela reforma ensino médio no Brasil, entendendo essa forma de organização curricular como parte do discurso regulativo (Brasil Bernstein) dessa reforma e procurando demonstrar sua associação com as teorias da eficiência social. Como um discurso regularivo, analisa que ocurrículo por competências atua controlando os conteúdos a serem ensinados, de forma associada ao currículo disciplinar, e submetendo-os aos processos de avaliação 2

O modelo das competências profissionais no mundo do trabalho e na educação: implicações sociais. Marise Nogueira Ramos. Analisar o meodelo das competências no mundo do trablahjo no contexto de internacionalização do capitalismo e de reestruturação produtiva das empresas. Destaca os princípios constitutivos do enfoque das competências na gestão do trabalho e as implicações de sua adoção para os trabalhadores. Aponta os condicionantes da incorporação do modelo das competências na educação e sua influência na reforma educacional brasileira. Discute as diferentes concepções e formas de implementação do modelo de competências nas Políticas de Educação Profissional no País, e analisa as matrizes teórico-conceituais que orientam a edentificação e construção de competências e direcionam a formulaçã e organização do currículo 12

A pedagogia das competências e a psicologização das questões sociais. Marise Nogueira Ramos. Apresenta as très tendências analíticas sobre a noção de competência: a associação com o condutivismo, a associação com o construtivismo e a associação como as transformações sociais e econômicas de nossa época. Localizando a noção de competência como originária da psicología congnitiva, o artigo demonstra que essa última tendência analítica expressa na verdade, a apropriação sócio-econômica dessa noção, tornando-a referência para a orgnização do trablaho escolar, como vistas à adaptação dos sujeitos às instabilidades da sociedade contemporânea por meio de um fenômeno conhecido por psicologização das queses sociais 26

Avaliando competências na escola de alguns ou na escola de todos?. Léa Depresbiteris. Busca fornecer insumos para a reflexão sobre otema avaliação de competências, tão em voga na literatura da educação profissional, nos dias de hoje. Parte-se do pressuposto de que, para compreender o que significa avaliar competências, é fundamental analisar com profundidade as conceptções educacionais que embasam os sistemas de ensino. Certamente serão diferentes as avaliações realizadas a partir de uma perspectiva mais atomizada, pela qual as competências revelam-se como conjunto de tarefas e serem desem penhadas, daquelas que partem de uma concepção mais ampla de competências. Outra consideração importante é a de que para se falar em avaliaação de competências tem-se que recorrer à presença de currículos por competência e se indagar qual a perspectiva de alcance dos educandos. Afinal, está se falando em desenvolvimento de competências para todos ou de excelências para alguns? 36

Pedagogía das cometências conteúdos e métodos. Suzana Burnier. Esse trabalho apresenta alguns princípios teórico-metodológicos norteadores da prática pedagógica dentro de uma concepção de Pedagogia das competências referenciada na formação integral do trabalhador, voltada para a cidadanía e para o mercado de trablaho modernos. Discute-se ainda a Pedagogía de Projetos, apontando alguns caminhos para sua inprementação no coticiano da sala de aula. Analisa-se ainda algumas cindições organizacionais necessarias à implementação de tais princípios e métodos 48

Publicações 61

Senac Notícias 62


FICHA BIBLIOGRÁFICA

TÍTULO REVISTA: Boletim técnico do SENAC [en línea, http://www.senac.br/boletim]
PUBLICACIÓN: Río de Janeiro [Rua Dona Mariana 48, Botafogo, 22280-020]: SENAC, Centro de Documentação Técnica, 1981-
ENTIDAD RESPONSABLE: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial [Rio de Janeiro, Brasil], SENAC. Centro de Documentação Técnica
NOTAS: Cuatrimestral. - Cambia de formato en 1993
COMPRENDE: [1981 f.1]1982-1988[1989 f.1]1990[1991 f.3]1992-1994[1995 f.4]1998-2000[2001 n.1,2,3]-
DESCRIPTORES: Brasil; Formación profesional; Educación
PAÍS/ORGANISMO: Br
IDIOMA: Por
ISSN: 0102-549X
TIPO DOCUMENTO: Periódica
LOCALIZACIÓN: CREDI, Madrid, Es
SIGNATURA: BRA.I.R
MFN 0062
FECHA ENT.: 10-04-2002


© Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura