OEI

Está en:
OEI - CREDI - Boletín de Novedades - Febrero 2005


BOLETIM TÉCNICO DO SENAC

Acceso revista electrónica

Vol. 30, nº 3 setembro/dezembro de 2004

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC


SUMÁRIO

Atos e fatos da formação profissional. Discute os conceitos de formação e educação profissional. Enumera os tipos de atividades e cursos mediante os quais se realiza a educação profissional no Brasil. Enfatiza que o intento de uma articulação crescentemente efetivada, agilizada, entre os sistemas da educação formal e a formação profissional correspondem aos princípios essenciais da integridade e da continuidade que regem a educação na sociedade moderna. Toda a fundamentação do artigo está baseada em dispositivos legais (Leis, Decretos, Decretos-leis, Portarias, Pareceres, Recomendações, etc.) que dispôem sobre a educação profissional. Robert Nicolau Dannemann 6

A educação e o trabalho num tempo de crise. O artigo faz análise das relações trabalho, emprego, formação profissional e educação. Mostra as dúvidas quanto à vinculação dos processos educacionais ao mundo da produção. Reflete a necessidade de promover-se o desenvolvimento humano, pensando o fator trabalho como inerente à própria trajetória existencial dos indivíduos. Aponta que os processos educacionais não devem ser planejados para responder aos interesses específicos do mundo empresarial mas, contudo, devem levar em conta as relações de trablaho, sua complexidade, significado e importância. Analisa o esforço das instituições de formação profissional, como é o caso do Senac. Na reanálise do sentido e abrangência de suas programações, buscando qualificar os indivíduos, tendo como referencial os conhecimentos científicos e tecnológicos que embasam as atividades humanas. Edmée Nunes Salgado 22

A construção de uma nova institucionalidade para a formação. Aborda a questão das mudanças no âmbito da formação profissional, à luz das transformações operadas no plano econômico, tecnológico, produtivo, trabalhista e no comércio internacional, assim como as novas formas de organização do trabalho. Destaca a centralidade que no novo cenário adquire a formação e desenvolvimento de recursos humanos, enquanto estes se transformam na formça essencial para uma nova realidade. Revê as inovações recentes, que afetam tanto o conceito de formação como as modalidades institucionais, os sujeitos e as formas de ação que, em relação a estes, assumem as instituições. Pedro Daniel Weinberg 30

Em busca de uma didática para o saber técnico. Examina a insuficiência explicativa da fórmula teoria/prática no campo do aprender a trabalhar. Situações vivenciadas no Senac e a critica antropológica ao etnocentrismo dos intelectuais ilustram essa idéia. Superar as limitações de uma epistemologia binária exige uma revisão dos modos de classificar saberes para fins educacionais. Nessa direção, a taxonomia de merril é reinterpretada com alguma liberdade. A proposta central do artigo é a de que a técnica é uma forma particular de saber, exigindo, por essa razão, tratamento didáctico específico. Deixar de reconhecer tal especificidade, nos termos da argumentação apresentada, é uma forma sutirl de continuar a justificar a separação entre concepção e execução do trabalho. Jarbas Novelino Barato 46

Educação e políticas pões para o debate. Apresenta algumas questões sobre o tema da educação no contexto das políticas públicas no Brasil. Intimamente relacionada ao quadro socioprodutivo contemporâneo do país, a temática proposta nos leva a construir uma visão panorâmica acerca das transformações vivenciadas por tal quadro nos últimos aos, bem como identificar algumas das suas implicações na definição e/ou manutenção das políticas sociais e públicas. Dentre os pontos de tensão, destacamos a emergência de uma nova dinâmica na relação entre os setores público e privado e, sobretudo, a forma como tal dinâmica tem impactado o campo da educação. Nesse sentido, o artigo resgata alguns dos temas que têm orientado a agenda educacional brasileira ao longo das duas últimas décadas, enfatizando, sobretudo para os anos 1990, a forte presença do ideário difundido pelos organismo internacionais. Rosa Elisa M. Barone 56

A globalização econômica e os desafios à formação profissional. Este artigo trata dos desafios atuais postos à formação profissional por um contexto de globalização econômica, de novas formas de organização da produção e do trablaho e dos crescentes processos de democratização da sociedade. Discute as tendências e características do trabalho e as novas competências dos trabalhadores, seu conteúdo, sua historicidade e sua vinculação às relações sociais. Aponta para os riscos da “abordagem das competências” em sua visão tecnicista e lança questões sobre a problemática atual da certificação das competências que está sendo implementada no País. Neise Deluz 72

Competência como práxis: os dilemas da relação entre teoria e prática na educação dos trabalhadores. A partir da compreensão da categoria competência enquanto práxis, o artigo propõe analisar o que é e como se dá a relação entre teoria e pratica no âmbito da acumulação flexível, em particular no que diz respeito às demandas da base microeletrônica, que desloca a necessidade do conhecimento do produto para o conhecimento dos processos, substituindo a capacidade de fazer pela capacidade de enfrentar eventos não previstos. E, em seguida, discute os procedimentos pedagógicos mais adequados ao estabelecimento possível da relação entre conhecimento científico e práticas laborais, o que nos remete aos pressupostos metodológicos que devem orientar a elaboração de projetos educativos para os trabalhadores. Acacia Zeneidà Kuenzer 80

Publicações 94

Senac noticias 96


FICHA BIBLIOGRÁFICA

TÍTULO REVISTA: Boletim técnico do SENAC [en línea, http://www.senac.br/informativo/bts/]
PUBLICACIÓN: Río de Janeiro [Rua Dona Mariana 48, Botafogo, 22280-020]: SENAC, Centro de Documentaçao Técnica, 1981-
ENTIDAD RESPONSABLE: Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial [Rio de Janeiro, Brasil], SENAC. Centro de Documentação Técnica
NOTAS: Cuatrimestral. - Cambia de formato en 1993
COMPRENDE: [1981 f.1]1982-1988[1989 f.1]1990[1991 f.3]1992-1994[1995 f.4]1998-2003[2004 n.1,2,3]-
DESCRIPTORES: Brasil; Formación profesional; Educación
PAÍS/ORGANISMO: Br
IDIOMA: Por
ISSN: 0102-549X
TIPO DOCUMENTO: Periódica
LOCALIZACIÓN: CREDI, Madrid, Es
SIGNATURA: BRA.I.R
MFN 0062
FECHA ENT.: 10-01-2005


 

© Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura