programa lengua portuguesa

A OEI lança o Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa

OEI . 08/11/2018
Tamaño del texto + -

O secretário-geral da OEI, Mariano Jabonero, apresenta hoje, em Brasília, o Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa, em uma cerimônia que contará com a presença, entre outros, do Ministro da Educação do Brasil, Rossieli Soares da Silva.

O programa, que começará a ser implementado em 2019, visa fortalecer a cooperação multilateral da região nos campos da educação, da ciência e da cultura, mediante a promoção de experiências de bilinguismo.

O secretário-geral da OEI destacou que o programa “propõe um diálogo entre iguais, entre pessoas e culturas nas línguas maternas mais difundidas na Ibero-América: o português e o espanhol”. A região ibero-americana é um dos maiores espaços linguísticos do mundo, com 800 milhões de falantes de espanhol e/ou português e de centenas de línguas originárias ou nativas.

Entre as principais linhas do programa que a OEI desenvolverá entre 2019 e 2020, destacam-se:

Escolas de fronteira. Experiências de bilinguismo e interculturalidade serão promovidas nas escolas (“escolas-espelho”) localizadas em cidades próximas a fronteiras nacionais, para que os sistemas escolares envolvidos desenvolvam um projeto pedagógico conjunto. As experiências piloto começarão no primeiro ano do ensino fundamental, quando a capacidade dos alunos de aprender idiomas e a permeabilidade de conhecer outras culturas é maior. Os países fronteiriços onde o programa será realizado serão Espanha e Portugal; Brasil e Uruguai, Brasil e Argentina; Brasil, Argentina e Paraguai; Brasil e Paraguai; Brasil e Bolívia; Brasil e Colômbia, bem como Brasil e Peru.

Certificação de competências em língua portuguesa. Com o objetivo de facilitar a mobilidade acadêmica, profissional e científica, a OEI contribuirá para os mecanismos de certificação de proficiência da língua portuguesa para estrangeiros. A ampla presença e experiência na Ibero-América e a estreita colaboração com Portugal e Brasil endossam o seu trabalho.

Mobilidade educacional e cultural. Como linha de ação complementar, a OEI impulsionará o intercâmbio de profissionais da educação, da ciência e da cultura. A intenção é melhorar a formação de professores e assegurar um ensino em português de alta qualidade, bem como criar redes de intercâmbio entre pesquisadores e reforçar a diversidade cultural e linguística.

Congresso Internacional sobre Espanhol e Português. A OEI organizará desde 2019 um congresso internacional sobre espanhol e português, que reunirá acadêmicos, catedráticos, políticos e representantes das áreas de Educação e Cultura e de ambas as línguas. No evento, será discutida a importância estratégica das línguas no mundo da educação, da ciência, da economia ou dos âmbitos digital e cultural.